0Item(s)

Nenhum produto no carrinho.

Product was successfully added to your shopping cart.
Anterior

RELAÇÃO DE MEDIDAS CASEIRAS, COMPOSIÇÃO QUÍMICA E RECEITAS DE ALIMENTOS NIPO-BRASILEIROS

Anterior

GUIA DE ALIMENTAÇÃO DA CRIANÇA COM CÂNCER EM TRATAMENTO ONCOLÓGICO

MANUAL PARA SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO - Implementação, boas práticas, qualidade e saúde

Descrição Rápida

MANUAL PARA SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO - Implementação, boas práticas, qualidade e saúde

Detalhes

O livro aborda de forma clara e prática todos os assuntos e pré-requisitos que uma unidade de alimentação deve seguir, independente de seu porte ou tipo de refeição. De fácil leitura e entendimento, este manual atende a profissionais da área de Nutrição, Alimentos, Controle de Qualidade, entre outros.

Informação Adicional

Código Identificador (SKU) MPSDA
Ano 2010
Edição 2
Número de páginas 214
ISBN 978-85-88888-16-6
Peso 0.330 Kg
Tipo de Capa Brochura
Dimensões 16x23 cm
Autor Priscila Ventura Manzalli
Fabricante/Editora Metha

Priscila Ventura Manzalli: Diretora da Global Nutrition - Consultoria Nutricional e Consultora da Control Max - Controle Ambiental. Formada em Nutrição pela Universidade São Judas Tadeu, atua em todas as áreas da Nutrição, principalmente Clínica e Administrativa, desenvolvendo programas de treinamentos na qualidade de produção e inocuidade. Palestrante e voluntária de creches e orfanatos, implanta conceitos nutricionais tanto no estado clínico das crianças, quanto na cozinha das entidades. Colabora com a revista Ouse e ministra palestras para funcionários de Fast Food de shopping de todo o Brasil.

Planejamento

  • Localização
  • Configuração geométrica e dimensionamento
  • Iluminação
  • Ventilação, temperatura e umidade
  • Cor
  • Piso
  • Paredes e divisórias
  • Portas e janelas
  • Forros e tetos
  • Outras instalações

 

Áreas da unidades de alimentação e nutrição (UAN)

  • Área para recebimento de mercadorias
  • Área de inspeção, pesagem e higienização de mercadorias
  • Área para armazenamento à temperatura ambiente
  • Área para armazenamento à temperatura controlada
  • Área para pré-preparo e preparo
  • Área para cocção
  • Área para higienização das mãos
  • Área para expedição de preparações
  • Área para higienização de utensílios usados no processamento
  • Área para distribuição das refeições
  • Área de consumação / refeitório / salão de refeições
  • Área para higienização de bandejas e utensílios de mesa
  • Área para sala da administração
  • Área para descarte de embalagens
  • Área para depósito de lixo
  • Área para guarda de botijões de gás (GLP)
  • Área para depósito e higienização do material de limpeza
  • Área para instalações sanitárias e vestiários
  • Fluxo compatível com o layout para a manipulação correta de alimentos

 

Equipamentos e Utensílios

  • Equipamentos
  • Móveis
  • Utensílios

 

Avaliação técnica ambiental

  • Áreas externas
  • Piso
  • Forros e tetos
  • Paredes e divisórias
  • Iluminação
  • Ventilação
  • Portas e janelas
  • Instalações sanitárias e vestiários
  • Lavatórios
  • Destinos do lixo e de resíduos
  • Instalações hidráulicas, caixa d'água e abastecimento de água
  • Controle integrado de pragas (CIP)

 

Avaliação técnica dos equipamentos e utensílios

  • Equipamentos
  • Utensílios
  • Higiene dos equipamentos e utensílios
  • Armazenamento dos equipamentos e utensílios

 

Avaliação técnica dos processos produtivos

  • Manipuladores
  • Matérias-primas
  • Fluxo de produção
  • Armazenamento de produtos processados
  • Empacotamento do produto final
  • Controle de qualidade do produto final
  • Visitantes

 

Transporte da matéria-prima

  • Portaria CVS 6/99 - Centro de Vigilância Sanitária
  • Características mínimas necessárias dos meios de transportes, de acordo com o produto

 

Documentação exigida

Check-list para auditoria

Higiene pessoal

  • Higiene corporal
  • Higiene das mãos
  • Utilização de luvas

 

Uniformes

  • Considerações gerais
  • Uso de máscaras

 

Hábitos pessoais dos manipuladores

Controle de saúde dos manipuladores

Legislação referente à antissepsia das mãos

Higiene das instalações

  • Paredes
  • Pisos e rodapés
  • Janelas e portas
  • Telas
  • Luminárias, interruptores, tomadas e outros
  • Bancadas e mesas de apoio
  • Ralos
  • Teto ou forro

 

Higiene de utensílios, equipamentos e outros materiais afins

  • Higienização manual de utensílios
  • Higiene mecânica de utensílios
  • Higienização de equipamentos em geral
  • Higienização da máquina de suco
  • Higienização de refrigeradores, câmaras e freezers
  • Higienização do sistema de exaustão
  • Higienização do balcão térmico
  • Higienização de panos
  • Higienização da caixa d'água
  • Higienização da caixa de gordura

 

Periodicidade da limpeza - Quadro resumo

Recomendações complementares para higiene ambiental

  • Recomendações gerais
  • Controle integrado de pragas (CIP)
  • Condutas em relação ao lixo
  • Notas importantes relativas à higiene ambiental
  • Produtos recomendados para desinfecção ambiental
  • Diluições de produtos para desinfecção ambiental

 

Regras básicas - adaptação das "Regras de Ouro" da OMS

Definições das etapas básicas dos fluxos operacionais

  • Recebimento
  • Armazenamento
  • Refrigeração
  • Congelamento
  • Descongelamento
  • Pré-preparo/preparação
  • Reconstituição
  • Dessalgue
  • Cocção
  • Espera pós-cocção
  • Porcionamento
  • Reaquecimento
  • Espera para fornecimento/distribuição
  • Distribuição

 

Procedimentos para o recebimento - matéria-prima, produtos descartáveis e materiais de limpeza

  • Recomendações gerais
  • Recebimento de carnes (bovinas, suínas, aves, pescados, etc)
  • Recebimentos de hortifrutigranjeiros
  • Recebimento de leite e derivados
  • Recebimentos de estocáveis
  • Recebimento de massas frescas e doces confeitados
  • Recebimentos de sucos
  • Critérios de temperatura no recebimento da matéria-prima
  • Recebimento de descartáveis, produtos e materiais de limpeza

 

Procedimento para o armazenamento - matéria-prima, produtos descartáveis e materiais de limpeza

  • Recomendações básicas
  • Critérios gerais para o armazenamento da matéria-prima
  • Recomendações para o armazenamento pós-manipulação
  • Sistema de etiqueta de identificação
  • Critérios de temperatura e tempo para o armazenamento
  • Armazenamento de descartáveis, produtos e materiais de limpeza

 

Procedimentos para a refrigeração e o congelamento

  • Recomendações básicas
  • Critérios de temperatura e tempo para refrigeração segura
  • Critérios de temperatura e tempo para a refrigeração e o congelamento

 

Procedimentos para o descongelamento

  • Recomendações básicas

 

Procedimentos para o pré-preparo e preparação

  • Recomendações para os alimentos em geral
  • Recomendações para os alimentos enlatados e em outras embalagens
  • Recomendações para cereais e leguminosas
  • Recomendações para carnes
  • Recomendações para o dessalgue
  • Recomendações para alimentos perecíveis em geral
  • Recomendações para alimentos hortifrutigranjeiros
  • Produtos recomendados para desinfecção dos alimentos
  • Diluição de produtos para desinfecção dos alimentos

 

Procedimentos para a cocção e o reaquecimento

  • Recomendações gerais
  • Recomendações para o óleo de fritura em tachos ou panelas
  • Recomendações para óleo de fritura em equipamentos com filtros e controle de temperatura

 

Procedimentos para o porcionamento

Procedimentos para a espera

  • Espera pós-cocção
  • Espera para o fornecimento ou a distribuição

 

Procedimentos para a distribuição

  • Recomendações gerais
  • Condutas e critérios para a distribuição de alimentos quentes
  • Condutas e critérios para a distribuição de alimentos frios
  • Controle de alimentos prontos: coleta de amostras de refeições

 

Procedimentos para a utilização de sobras

  • Tipos de sobras
  • Utilização de sobras
  • Condutas para a utilização de sobras de alimentos quentes
  • Condutas para a utilização de sobras de alimentos frios
  • Considerações finais sobre a utilização e a doaçao de sobras

 

Procedimentos para o transporte de alimentos

  • Recomendações gerais

 

Procedimentos frente aos riscos de contaminação

Procedimentos nos casos de reclamações de clientes, contaminação, suspeita de contaminação e surtos por DTAs (Doenças Transmitidas por Alimentos)

  • Reclamações de clientes e consumidores em geral
  • Casos de suspeita de DTAs
  • Casos comprovados de DTAs

 

Procedimentos para a utilização de termômetros

  • Recomendações para a correta medição das temperaturas
  • Recomendações para a medição durante a distribuição de refeições
  • Monitoramento e controle das temperaturas

 

Procedimentos para o controle da "água para consumo"

  • Recomendações gerais

 

Consumo de água em unidades de alimentação e nutrição

  • Apresentação do programa desenvolvido pela SABESP
  • Observações levantadas na fase do projeto piloto
  • Procedimentos sugeridos pelo programa da SABESP
  • Implantação do programa "Uso Racional da Água (Pura)"

 

Contaminação microbiológica: os perigos biológicos como agentes de doenças transmitidas por alimentos

Agentes etiológicos

  • Toxina produzida no alimento
  • Toxina produzida no intestino

 

Estudo epidemiológico para a avaliação de surtos de DTAs

Amostra de alimentos para análises microbiológicas

Procedimentos para coleta e transporte de amostras

  • Amostras a serem colhidas
  • Recipientes para coleta de amostras
  • Utensílios para coleta de amostras
  • Quantidade de amostra
  • Armazenamento das amostras
  • Transporte das amostras

 

Laudos de análises microbiológicas de alimentos e sua relação com os indicadores de DTA

 

HAPPCC

  • Síntese do método APPCC - análise dos perigos e controle dos ponto críticos
  • Implantação do sistema APPCC
  • Definições do sistema APPCC
  • Detalhamento do método APPCC
  • Principais etapas e avaliação dos pontos críticos de controle (PCCs)

 

Procedimentos Operacionais Padronizados (POPs)

  • Monitoramento
  • Frequência
  • Produto
  • Elaboração

 

Portaria 1.428, de 26/11/93 - Ministério da Saúde

  • Resumo da legislação
  • Obrigatoriedade do serviço médico-laboratorial para funcionários de empresas na área de alimentos
  • Referências bibliográficas oficiais

 

Legislação complementar relacionada à responsabilidade técnica

 

Resolução RDC 216, de 15/09/04 - ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária)

  • Resumo da legislação

Tags do Produto

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.